Forum Pplware

Versão Completa: União Europeia Pode Forçar Microsoft a Incluir FireFox no Windows ?
Está de momento a ver uma versão reduzida do nosso conteúdo. Ver versão completa com o formato adequado.
Páginas: 1 2 3 4 5
Ao que parece a União Europeia está a ponderar apresentar a proposta à Microsoft para que passe a incorporar outros browsers, sem ser o Internet Explorer, nos seus sistemas operativos logo de raiz.

Como também aqui noticiámos, a União Europeia recentemente acusou a Microsoft de estar a infringir as leis da concorrência com a implementação do seu browser originalmente no sistema operativo Windows. Assim poderemos ver dentro de pouco tempo os fabricantes e a Microsoft a instalarem outros browsers, como FireFox, Chrome, Safari ou Opera, por "default" nos novos sistemas.

A Microsoft já reportou que não obriga os utilizadores e os assembladores a usarem o browser que vêm implementado no Windows, e agora a Comissão Europeia pondera uma obrigação que possa permitir aos utilizadores a escolha do browser que quer instalado no seu novo computador, ou por ventura obrigar os assembladores a instalarem logo os browsers alternativos ao IE existentes no mercado.

Certamente que nos próximos dias veremos como se vai manifestar a empresa, sendo que a Microsoft têm cerca de dois meses para responder ás acusações. Uma vez o prazo finalizado a Comissão Europeia irá tomar uma decisão final...

Sou sincero não consigo entender esta perseguição da EU em relação a estes assuntos.

Eles deveriam neste momento era estarem centrados em assuntos mais importantes e deixarem-se de mesquinhisses.
Neutral
Eu pessoalmente não sei se seria uma boa ideia "deixar" a Microsoft instalar o Firefox, ainda vinha com spyware xD

Agora a falar a sério, não acho que seja muito mau trazer o IE de raiz, porque estão a vender o produto deles, não têm "culpa", se é o sistema operativo mais usado a nível mundial.

Os utilizadores é que deveriam ter direito a escolher trazer o Windows ou não nos computadores, isso sim!
(28-01-2009 15:23)Bruno Bernardino Escreveu: [ -> ]Eu pessoalmente não sei se seria uma boa ideia "deixar" a Microsoft instalar o Firefox, ainda vinha com spyware xD
Até parece... Rolleyes

(28-01-2009 15:23)Bruno Bernardino Escreveu: [ -> ]Agora a falar a sério, não acho que seja muito mau trazer o IE de raiz, porque estão a vender o produto deles, não têm "culpa", se é o sistema operativo mais usado a nível mundial.

Os utilizadores é que deveriam ter direito a escolher trazer o Windows ou não nos computadores, isso sim!
Exactamente... ao invés de se preocuparem com o que é mesmo importante, andam com estas merdices...
boas,

deviam era colocar um atalho p\ o cmd no desktop e um txt a dizer desemmerdem-se ...

assim todos ficavam satisfeitos .... ou não !

Se é um browser gratuito q diferença faz?
desde q haja a opção de desinstalar e instalar um à escolha do freguês o resto são broculos !

deviam era preocupar-se c\ as carradas de lodo trialware q vem nos SOs de origem isso sim, é lixo!

s/ +
Também não consigo perceber qual é o mal do IE vir no Windows, não é obrigatório por isso só usa quem quer.
Acho tão ilegal como o Linux trazer o Firefox.

Se ninguém se queixa de um, porque se queixa do outro?
@Malamen

Não sou a favor desta intervenção, mas estás a confundir as coisas.

O Internet Explorer é da Microsoft.

O Firefox é da Mozilla.

Que eu saiba, a Mozilla não tem uma distro Linux.
A m$ detém o mercado e é uma empresa que obtém daí lucros, ao incluir todo tipo de produtos num sistema operativo que já por si domina o mercado, diminui as hipóteses de sobrevivência à concorrência. Esta tem usado práticas agressivas para a conquista de mercados e que não são bem toleradas por cá na Europa e isto é uma forma de punição da mesma.

No entanto quem legisla estas leis, sabe tanto disto quanto de lagares de azeite pois continuam a usar Windows, em detrimento de sistemas livres e gratuitos.

Dado que é impossível remover o IE do Windows, sem afectar o sistema a melhor opção passa por trazer algo da concorrência.
Uma das práticas agressivas da m$ foi mesmo a inclusão do IE, na shell do Windows, hoje pode assim dizer que é mandatorio ter este browser, coisa que há uns anos no tempo que o Netscape dominava, não o podia dizer.
Alias desde que o inseriu na shell as vulnerabilidades do SO aumentaram e mais tarde com a implementação da Activex o IE tornou-se o maior cancro da Internet.

Tolos são os que fazem a comparação por isso a outros SO's, pois os outros mesmo sem o browser continuam funcionais e a correr aplicações, esse é que é o problema no Windows!!! E no caso do Mac torna-se irrelevante pois a fatia que representa no mercado não impõe qualquer restrição aos utilizadores, uma vez que não possui qualquer posição dominante no mercado.
Isto não faz sentido nenhum sinceramente. Se tudo o que é distro linux vem com um browser, se o MAC OS vem com o Safari porque raio o Windows não pode vir com o IE!?

Agora se falarmos em obrigar a MS a permitir que o IE seja desinstalado sem rebentar o sistema aí já vejo algo que possa ser discutido.

Bem mais grave é não pudermos ouvir uma música que compramos no iTunes em qualquer equipamento que suporte mp3.
Esqueci-me de dizer que esta noticia, faz mais sentido na secção windows, é um problema da m$ e não relacionado com GNU/Linux...

@2xtreme

Se reparares as distro's trazem outros browsers, não apenas o firefox, embora esse seja escolhido pela maioria por ser o melhor ou aquele que os utilizadores mais desejam, a m$ não faz pesquisas de mercado para saber disso, nem quer saber, impõe um produto. No caso do Windows não te dá outra opção trás sempre o mesmo, ainda por cima é o que oferece mais problemas.
Páginas: 1 2 3 4 5
URL's de Referência