Colocar Resposta 
 
Avaliação do Tópico:
  • 0 votos - 0 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Se eu fosse primeiro ministro...
27-10-2012, 01:11 (Esta mensagem foi modificada pela última vez a: 27-10-2012 01:11 por progster.)
Mensagem: #1
Se eu fosse primeiro ministro...
Com base no titulo deste tópico antigo, lembrei-me de criar este mesmo dito cujo pois todos "nós" temos sido politicos. Wink

SE vocês individualmente (como é óbvio), desempenhassem funções como Primeiro-Ministro o que fariam para dar a volta à situação actual?.

Convido a comunidade a participar e a dar a vossa opinião... Big Grin

P.S.: De modo a ficar esclarecido, e antes que surja essa questão, com este tópico não estou a "defender" os politicos.

[Imagem: ztc07a.jpg]
Não resolvo dúvidas por PM.
Procurar todas as mensagens deste utilizador
Citar esta mensagem numa resposta
27-10-2012, 17:35
Mensagem: #2
RE: Se eu fosse primeiro ministro...
Humm, tanta coisa a fazer...

Comecemos por baixo...
Educação:
- Criação de uma disciplina de caracter obrigatório sobre gestão económica pelo menos apartir do 5 ano.
- Criação de uma disciplina de Gestão de tempo.
- Criação de uma disciplina especifica sobre política.

- Criação de parcerias entre universidades nacionais para criação de projectos internos para criação de produtos que usualmente consumimos e que temos de Importar(Produtos ou serviços)

Mercado laboral:
- Diminuição da carga de impostos para empresas e empresários em nome individual, no caso das empresas em proveito dos funcionários.
- Diminuição de impostos para trabalhadores.
- Tudo o que fosse exportação de produtos nacionais e serviços pagaria algo muito próximo de zero de impostos.
- Acabaria com os contratos de trabalho, e passariam ser obrigatórios os contratos de prestação de serviços entre entidades(AKA Particulares / Empresários).
- Divisão de lucros obrigatória para as empresas no final do mês.
- Pagamentos de salários semanalmente e não mensalmente como acontece hoje.

Subsidios
- Acabaria com os RSI e afins.
- Introduziria um novo subsidio com vista ao apoio a sobrevivência para quem não pudesse efectivamente trabalhar(comprovado medicamente).
- Subsidio de desemprego com base no valor declarado mensalmente e por um período de tempo mais limitado (ex: 6meses), ou seja, se declarava que ganhava 1000€, no fundo de desemprego iria ganha 1000€ durante os 6 meses de apoio.
- Gabinetes de apoio a desempregados para criação do seu próprio emprego, com linha financiamento e apoio ao mesmo em que o Governo teria pelo menos 5% da empresa associada ao empresário e nunca a empresa em si, evitando assim o encerramento dessa empresa e criação de uma nova igual mas com outro nome.


Para já e assim derrepente sem pensar muito é disto que me lembro.Smile
Lá vai tudo cair em cima de mim lol
Visitar Website de este utilizador Procurar todas as mensagens deste utilizador
Citar esta mensagem numa resposta
27-10-2012, 17:49
Mensagem: #3
RE: Se eu fosse primeiro ministro...
Concordo com o que dizes e adiciono:

Começando por cima entre outras mais:

- Declaração de guerra ao factor c e afins;
- Auditorias externas imparciais para todo e qualquer funcionário do estado (incluindo as elites);
- Fim de todos os benefícios e regalias do estado;
- Etc...;

[Imagem: ztc07a.jpg]
Não resolvo dúvidas por PM.
Procurar todas as mensagens deste utilizador
Citar esta mensagem numa resposta
27-10-2012, 23:48
Mensagem: #4
RE: Se eu fosse primeiro ministro...
- Funcionários públicos passariam a ter exactamente os mesmos benefícios que os privados.
- Todos os trabalhadores activos independentemente dos seus rendimentos ou condição social pagariam exactamente o mesmo valor em impostos uma vez que todos terão acesso a benefícios públicos exactamente iguais.

- Parte dos impostos pagos pelo trabalhador, seriam depositados numa "conta" que serviria para pagamento de subsídios de desemprego, baixas médicas e mesmo para a sua reforma. O valor depositado serviria unicamente para o pagamento dessas coisas a esse mesmo trabalhador e nunca para pagar a outros.
Alternativamente acabavam com esse tipo de contribuições, e passaria a ser de caracter obrigatório plano poupança reforma, seguro médico etc etc etc...
- Políticos passariam a ter um único salário e não teriam acesso a qualquer tipo de veiculo estatal ficando este apenas reservado ao primeiro ministro ou presidente da república para deslocações oficiais.
Visitar Website de este utilizador Procurar todas as mensagens deste utilizador
Citar esta mensagem numa resposta
28-10-2012, 00:25
Mensagem: #5
RE: Se eu fosse primeiro ministro...
(27-10-2012 23:48)RaCcOn Escreveu:  - Todos os trabalhadores activos independentemente dos seus rendimentos ou condição social pagariam exactamente o mesmo valor em impostos uma vez que todos terão acesso a benefícios públicos exactamente iguais.

Aqui permite-me discordar, pois acho injusto um trabalhar que ganhe 500€ pagar exatamente o mesmo que um trabalhador que ganhe 1000€.

[Imagem: ztc07a.jpg]
Não resolvo dúvidas por PM.
Procurar todas as mensagens deste utilizador
Citar esta mensagem numa resposta
28-10-2012, 01:18
Mensagem: #6
RE: Se eu fosse primeiro ministro...
Posso tentar perceber o porque?

Se um trabalhador ganha 1000€ é porque trabalhou para os ganhar...

Se usufrui dos mesmos serviços, das mesmas benesses etc etc porque é que haverá de pagar mais que outro que ganha menos?
Será justo alguém apenas porque ganha 1000€ por mês ter de pagar mais do que alguém que ganhe 500€?

Sinceramente não acho minimamente justo...até porque quem ganha 1000€ tendencialmente vai acabar por pagar mais impostos porque vai consumir mais...logo mais iva para o estado Wink
Visitar Website de este utilizador Procurar todas as mensagens deste utilizador
Citar esta mensagem numa resposta
28-10-2012, 01:59
Mensagem: #7
RE: Se eu fosse primeiro ministro...
Eu não disse que quem ganha 1000€ deve pagar mais do que quem gana 500€, acho que seria justo se cada um pagasse a mesma percentagem de impostos desde que devidamente adequada aos respetivos salários.

[Imagem: ztc07a.jpg]
Não resolvo dúvidas por PM.
Procurar todas as mensagens deste utilizador
Citar esta mensagem numa resposta
29-10-2012, 14:04
Mensagem: #8
RE: Se eu fosse primeiro ministro...
Ora vejamos, todos acedemos aos mesmos serviços estatais da mesma forma e com o mesmo preço de custo...pelo menos teoricamente...logo, isso seria a mesma coisa que irmos ao Supermercado e no caixa nos perguntarem qual é o nosso salário para que possam fazer as contas...

A questão das percentagens é a que é mais justa face ao que temos atualmente, mas para que fosse efetivamente justo e correto para com todos...todos deveriam de pagar exatamente o mesmo valor.

Mas isto sou eu a dizer, pois acho que todos devemos de contribuir para a sociedade da mesma forma e com os mesmos recursos.
Visitar Website de este utilizador Procurar todas as mensagens deste utilizador
Citar esta mensagem numa resposta
29-10-2012, 14:15 (Esta mensagem foi modificada pela última vez a: 29-10-2012 14:17 por LoRDByRon.)
Mensagem: #9
RE: Se eu fosse primeiro ministro...
Essa história dos salários e a discrepância dos mesmos seria facilmente contornável com uma estabilização e equiparação de classes, como existe em muitos países: o valor é dado ás pessoas, não ao que elas fazem, tem tanto valor uma pessoa que mantém as ruas limpas como quem dá uns chutos numa bola por ex.
A acrescentar:

- Limite/Tecto máximo das reformas - que vai de encontro ao dito anteriormente.
Procurar todas as mensagens deste utilizador
Citar esta mensagem numa resposta
29-10-2012, 16:01
Mensagem: #10
RE: Se eu fosse primeiro ministro...
(29-10-2012 14:04)RaCcOn Escreveu:  Ora vejamos, todos acedemos aos mesmos serviços estatais da mesma forma e com o mesmo preço de custo...pelo menos teoricamente...logo, isso seria a mesma coisa que irmos ao Supermercado e no caixa nos perguntarem qual é o nosso salário para que possam fazer as contas...

Não, não seria. Aliás esse exemplo não é dos mais felizes... Wink

[Imagem: ztc07a.jpg]
Não resolvo dúvidas por PM.
Procurar todas as mensagens deste utilizador
Citar esta mensagem numa resposta
Colocar Resposta 


Saltar Fórum:


Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)