Tópico Encerrado 
 
Avaliação do Tópico:
  • 0 votos - 0 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
É possivel isto?
31-12-2012, 13:27
Mensagem: #11
RE: É possivel isto?
Estamos a falar de coisas diferentes...pelo menos assim me parece...

os dados contidos no equipamento, mesmo que este seja propriedade da empresa poderão ser dados pessoais.
Por essa razão usualmente trabalha-se numa nuvem e/ou espaço comum a vários utilizadores que tem acesso a determinado conteúdo com um login próprio ou comum a vários users.
No caso de equipamentos e outros onde não é suposto mais ninguém ter acesso a não ser o user, seja fisicamente ou através de um login próprio com password própria e gerada pelo mesmo os dados lá contidos são da propriedade e responsabilidade do user.
Wink

Se assim não fosse havia muito boa gente que até quantas vezes é que o funcionário ia a casa de banho sabiam.
Visitar Website de este utilizador Procurar todas as mensagens deste utilizador
31-12-2012, 13:29 (Esta mensagem foi modificada pela última vez a: 31-12-2012 13:30 por Fidbeck.)
Mensagem: #12
RE: É possivel isto?
O computador é uno. pertence à direcção, ou seja a todos os sócios em funções, mas o outro para se vingar protegeu esse computador que é da direcção com palavr pass

Os poucos empregados que tem tem o seu equipamento para poderem programar o que for preciso.

[Imagem: pplware_fan.png]
Procurar todas as mensagens deste utilizador
31-12-2012, 13:35 (Esta mensagem foi modificada pela última vez a: 31-12-2012 13:37 por RaCcOn.)
Mensagem: #13
RE: É possivel isto?
(31-12-2012 13:24)Fidbeck Escreveu:  é um desktop, não é um portátil.
O computador é propriedade de empresa, não do sócio que foi mandado embora.
Visto que o sócio não pertence mais à empresa, os restantes donos tem direitos sobre o PC nomeadamente SO e Office que foram instalados e pagos com o dinheiro da empresa.
Tanto quanto sei o sócio que se foi embora encriptou com palavra pass algumas pastas, ou seja usou um computador da empresa para fins pessoais, e ele deveria saber que um computador que pertence a uma empresa não pode ser utilizado da mesma maneira que um computador pessoal.

O que o meu tio quer é mesmo tirar a palavra pass e fazer restaurar um backup do disco (que foi feito depois de ter instalado o SO, Office e programas de facturação.)

Seja portátil ou desktop é igual...
Apesar de o equipamento ser propriedade da empresa, o utilizador tem o direito a confidencialidade e privacidade durante a sua utilização.
Mesmo que o utilizador fosse um simples funcionário tem exactamente o mesmo direito, privacidade.

Qualquer das formas como tu referis-te, o utilizador em questão era sócio da empresa, logo proprietário da mesma.

A questão das licenças e tudo o resto, se foram adquiridas, tens os respectivos COA e códigos de licença que te permitem a re-instalação do sistema com todo o software adquirido.
(31-12-2012 13:29)Fidbeck Escreveu:  O computador é uno. pertence à direcção, ou seja a todos os sócios em funções, mas o outro para se vingar protegeu esse computador que é da direcção com palavr pass

Os poucos empregados que tem tem o seu equipamento para poderem programar o que for preciso.

Pertence a direcção mas os dados contidos no mesmo pertencem ao utilizador que os criou e colocou password para o não acesso aos mesmos sem seu consentimento.
Visitar Website de este utilizador Procurar todas as mensagens deste utilizador
31-12-2012, 13:53
Mensagem: #14
RE: É possivel isto?
(31-12-2012 13:27)RaCcOn Escreveu:  Estamos a falar de coisas diferentes...pelo menos assim me parece...

os dados contidos no equipamento, mesmo que este seja propriedade da empresa poderão ser dados pessoais.
Por essa razão usualmente trabalha-se numa nuvem e/ou espaço comum a vários utilizadores que tem acesso a determinado conteúdo com um login próprio ou comum a vários users.
No caso de equipamentos e outros onde não é suposto mais ninguém ter acesso a não ser o user, seja fisicamente ou através de um login próprio com password própria e gerada pelo mesmo os dados lá contidos são da propriedade e responsabilidade do user.
Wink

Se assim não fosse havia muito boa gente que até quantas vezes é que o funcionário ia a casa de banho sabiam.

Penso que aqui a palavra-chave é "poderão".
Uma vez que o socio em questão foi "mandado embora", assume-se que os dados pessoais foram devidamente e atempadamente copiados para suporte apropriado, e mesmo que isso não tivesse sido feito, se o socio estivesse mesmo interessado nos dados, e assumindo que tem consciência de que os dados ainda lá estão, independentemente da razão pela qual se foi embora, já os deveria ter ido buscar certo?. Atenção, não estou a "julgar" ninguém, e nem estou por dentro do assunto que levou ao "despedimento" do sócio, mas isto leva a pensar nas suas intenções, pois poderão não ser dados pessoas, mas sim dados necessários para o bom funcionamento da empresa.

(31-12-2012 13:35)RaCcOn Escreveu:  
(31-12-2012 13:24)Fidbeck Escreveu:  é um desktop, não é um portátil.
O computador é propriedade de empresa, não do sócio que foi mandado embora.
Visto que o sócio não pertence mais à empresa, os restantes donos tem direitos sobre o PC nomeadamente SO e Office que foram instalados e pagos com o dinheiro da empresa.
Tanto quanto sei o sócio que se foi embora encriptou com palavra pass algumas pastas, ou seja usou um computador da empresa para fins pessoais, e ele deveria saber que um computador que pertence a uma empresa não pode ser utilizado da mesma maneira que um computador pessoal.

O que o meu tio quer é mesmo tirar a palavra pass e fazer restaurar um backup do disco (que foi feito depois de ter instalado o SO, Office e programas de facturação.)

Seja portátil ou desktop é igual...
Apesar de o equipamento ser propriedade da empresa, o utilizador tem o direito a confidencialidade e privacidade durante a sua utilização.
Mesmo que o utilizador fosse um simples funcionário tem exactamente o mesmo direito, privacidade.

Qualquer das formas como tu referis-te, o utilizador em questão era sócio da empresa, logo proprietário da mesma.

A questão das licenças e tudo o resto, se foram adquiridas, tens os respectivos COA e códigos de licença que te permitem a re-instalação do sistema com todo o software adquirido.
(31-12-2012 13:29)Fidbeck Escreveu:  O computador é uno. pertence à direcção, ou seja a todos os sócios em funções, mas o outro para se vingar protegeu esse computador que é da direcção com palavr pass

Os poucos empregados que tem tem o seu equipamento para poderem programar o que for preciso.

Pertence a direcção mas os dados contidos no mesmo pertencem ao utilizador que os criou e colocou password para o não acesso aos mesmos sem seu consentimento.

Dizes muito bem "durante a sua utilização", o que já não é o caso.

O facto de ter sido sócio, não significa necessariamente que também fosse um proprietário da empresa certo? Smile

Concordo, que uma vez que tem as respetivas licenças, poderia simplesmente formatar a máquina e prosseguir com o trabalho, então mas e se os dados que tem no computador forem essenciais ao funcionamento da empresa?...Wink

Se fosse contigo, o que é que farias? Vá sejas sincero e diz a verdade Big Grin.

P.S.:Mete-te na pele de quem não percebe nada de informática. Wink

[Imagem: ztc07a.jpg]
Não resolvo dúvidas por PM.
Procurar todas as mensagens deste utilizador
31-12-2012, 14:04
Mensagem: #15
RE: É possivel isto?
A palavra chave não é poderão, é o facto de os dados lá contidos serem propriedade do seu utilizador...e de o utilizador ter direito a privacidade...
Legalmente a menos que exista um contrato onde o utilizador da maquina se compromete a ceder o acesso a toda a informação contida na máquina a qualquer momento, é invasão de privacidade.

Se é sócio é dono da empresa, poderá ter uma percentagem inferior da mesma...mas não deixa de ser dono da mesma, nem que seja 1%.

Pelo que o user em questão diz não é o caso, mas se assim fosse deveriam de se ter precavido antecipadamente para essa situação...agora só restaria solicitar ao user que faculte o acesso a esses dados(ele podia pura e simplesmente ter eliminado esses dados antes de entregar a máquina).

O que eu faria?

Todos os dados essenciais para a empresa estão num espaço especifico onde várias pessoas tem acesso e não na máquina de um funcionário ou sócio.

Mesmo que assim não fosse, só me restaria tentar que o utilizador me facultasse o acesso aos dados em questão, e que caso este se recusasse a fazer-lo, colocar-lo em tribunal por forma a que este fosse obrigado a fazer-lo de alguma forma (não sei se teria muitas hipóteses).

Uma coisa que devem aprender, é que os dados essenciais e trabalhos nunca e em caso algum deverão apenas estar acessíveis apenas a uma pessoa!
Visitar Website de este utilizador Procurar todas as mensagens deste utilizador
31-12-2012, 14:22 (Esta mensagem foi modificada pela última vez a: 31-12-2012 14:22 por progster.)
Mensagem: #16
RE: É possivel isto?
(31-12-2012 14:04)RaCcOn Escreveu:  Se é sócio é dono da empresa, poderá ter uma percentagem inferior da mesma...mas não deixa de ser dono da mesma, nem que seja 1%.

Discordo, mas pronto não sou funcionário da minha própria empresa, logo a minha definição é diferente. Smile

(31-12-2012 14:04)RaCcOn Escreveu:  Pelo que o user em questão diz não é o caso, mas se assim fosse deveriam de se ter precavido antecipadamente para essa situação...agora só restaria solicitar ao user que faculte o acesso a esses dados(ele podia pura e simplesmente ter eliminado esses dados antes de entregar a máquina).

Mais uma vez a palavra chave é "podia", mas aparentemente não foi isso que fez, logo mais uma vez repito que as intenções da pessoa podem deixar a desejar.

(31-12-2012 14:04)RaCcOn Escreveu:  O que eu faria?

Todos os dados essenciais para a empresa estão num espaço especifico onde várias pessoas tem acesso e não na máquina de um funcionário ou sócio.

As coisas não são assim preto no branco, apesar de perceber o que queres dizer, existem várias variáveis que podem ocorrer durante o trabalho.

Isso é a perspetiva de quem está dentro da área. Smile

(31-12-2012 14:04)RaCcOn Escreveu:  Uma coisa que devem aprender, é que os dados essenciais e trabalhos nunca e em caso algum deverão apenas estar acessíveis apenas a uma pessoa!

Dizes muito bem "devem", mas não é o caso, e muito menos é a realidade na grande maioria das empresas, que não estão precavidas contra este tipo de situações.

[Imagem: ztc07a.jpg]
Não resolvo dúvidas por PM.
Procurar todas as mensagens deste utilizador
31-12-2012, 14:37
Mensagem: #17
RE: É possivel isto?
Pois isso é um caso bicudo porque não se sabe se ele pode ter ou não encriptado dados da empresa. e é assim ele quando foi mandado embora se não tirou os dados foi porque não quis, porque lhe foi dada esse possibilidade e foi aí que ele fez que fez. O que acontece e que o meu tio tem como empregado um rapaz que é colega do meu primo e o projecto de mestrado dele foi inovador, teve boas criticas por parte do juri convidado e esse disse que poderia até a vir ser registada uma patente. agora o que é não entendo nada de electrónica. Será que ele pode ter encriptado o que era desse projecto?

E sejamos razoaveis se eu quisesse apenas crackar um windows que não era meu podia muito bem ir procurar soluções que Google que é o que lá não deve faltar.

[Imagem: pplware_fan.png]
Procurar todas as mensagens deste utilizador
31-12-2012, 15:37
Mensagem: #18
RE: É possivel isto?
Acesso
(31-12-2012 14:37)Fidbeck Escreveu:  Pois isso é um caso bicudo porque não se sabe se ele pode ter ou não encriptado dados da empresa. e é assim ele quando foi mandado embora se não tirou os dados foi porque não quis, porque lhe foi dada esse possibilidade e foi aí que ele fez que fez. O que acontece e que o meu tio tem como empregado um rapaz que é colega do meu primo e o projecto de mestrado dele foi inovador, teve boas criticas por parte do juri convidado e esse disse que poderia até a vir ser registada uma patente. agora o que é não entendo nada de electrónica. Será que ele pode ter encriptado o que era desse projecto?

E sejamos razoaveis se eu quisesse apenas crackar um windows que não era meu podia muito bem ir procurar soluções que Google que é o que lá não deve faltar.

Não sei se percebeste mas independentemente de tudo se não existe nada onde ele consinta o acesso aos dados, o aacesso aos mesmos e ilegal.

O que deves fazer é pedirlhe o acesso aos dados que pretendes!
Visitar Website de este utilizador Procurar todas as mensagens deste utilizador
31-12-2012, 15:52
Mensagem: #19
RE: É possivel isto?
e só porque ele se lembrou de ser vingativo fica a ganhar.

[Imagem: pplware_fan.png]
Procurar todas as mensagens deste utilizador
31-12-2012, 17:15
Mensagem: #20
RE: É possivel isto?
Desculpem a minha ignorância neste assunto, mas se o computador é da empresa, os dados são relativos à empresa e criados e elaborados para fins de trabalho durante o período laboral para o qual sou pago para o fazer, logo os dados não pertencem à empresa?
Uma coisa é computador de trabalho outra é um pessoal onde fazemos e temos o que bem entendemos.

Posso estar enganado... corrijam me por favor se estiver..
Procurar todas as mensagens deste utilizador
Tópico Encerrado 


Saltar Fórum:


Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)