Colocar Resposta 
 
Avaliação do Tópico:
  • 1 votos - 5 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Sendo verdade...
12-10-2011, 01:22
Mensagem: #41
RE: Sendo verdade...
(11-10-2011 23:55)Progster Escreveu:  Percebo o que queres dizer, mas mesmo para esta questão a carga fiscal, entre outras coisas, não pode nem deve ser ignorada. Neste ponto, continuo a não concordar contigo, pois não percebo como é que o "pequeno" pode ter espírito, ou vontade, ou até civismo, para "fazer" e muito menos "mostrar" como as coisas devem ser feitas, quando são aumentos atrás de aumentos, quando são exigências atrás de exigências e não dão a possibilidade (entre outras coisas), á maioria das pessoas para acompanhar esses aumentos.

Aliás com que poder é que pode fazer isso?…

E nas situações em que o “pequeno” tenta fazer alguma coisa, na maioria das empresas, instituições, etc…, “cortam-nos as pernas”.

Não estás bem? Rua…
Queres mudança? Rua…
Mas quem és tu para chegar aqui e tentar mudar o sistema actual de trabalho? Rua...

Qual é a vontade que “os pequenos” têm para dar o exemplo?...
Isto só visto…

A última vez que reparei, o modelo da tabela hierárquica, pelo menos de acordo com a minha experiência profissional, não era na horizontal, nem muito menos de baixo para cima, logo porque é que nesta questão a “coisa” há-de ser diferente?
Quando iniciei o meu estágio profissional, também tinha e dei várias sugestões para tentar melhorar a ilusão que tinha do pouco ou nada que poderia melhorar. Dei o exemplo… Para que? Não serviu de nada… Ainda cheguei a ser criticado.

As pessoas de uma forma geral, tem de ser auto-motivadas, cada um arranja a sua motivação onde quer e onde consegue arranja-la...por vezes também fico desmotivado...mas e então?tenho de ir buscar forças seja lá onde for para conseguir seguir em frente e conseguir pelo menos mais uma vitória, nunca ninguém disse que isto iria ser fácil...
A uns tempos atrás estive internado por um problema de saude que se poderá considerar grave, uma ou outra pessoa daqui do forum saberá do que estou a falar pois cheguei a trocar até mensagens na altura...essa doença, irá matar-me certamente, mais tarde ou mais cedo lá terei de seguir aquele destino que é a única coisa que temos de certo na vida...
Mas e então?Se baixei as guardas?Sim...fiquei desmotivado é verdade...mas não me deixo ir abaixo seja de que forma for...tenho muitas coisas ainda para fazer e por mais que isso me desmotive há muito mais coisas para me motivar para fazer mais e melhor...
Ninguém é de ferro, mas também ninguém é de cristal...


Quanto a tua questão, achas que estavas a dar o teu melhor e a fazer o que tu de melhor sabes fazer?
Criticaram?Falta de capacidade de raciocinio?Falta de ética?Falta de civismo?
Se tens uma ideia, defende-a até ao fim...o fim é quando a colocares em prática ou então alguém te mostrar por A+B que estás errado.
Tu não estás mal, quem não aceita uma opinião é que está...quem critica sem argumentar é que está...

(11-10-2011 23:55)Progster Escreveu:  Nunca disse o contrário, e tenho noção de que o dinheiro que “nos” foi emprestado tem que ser pago, mas quando o “grande” dá o exemplo de luxo que dá (Reformas douradas, carros topo de gama com motorista, etc…), que ninguém me peça para dar mais exemplos, pois farto de dar exemplos ando eu.

Quanto a questão da “revolução”, já vi que temos definições diferentes, e não vale a pena continuar esta questão.

Adiciono só mais o seguinte

Eles só fazem isso porque nós deixamos!Porque em tempos alguém trocou isso por uma benesse qualquer...
Se concordo?Não, se me revolta?Sim claro como a qualquer um...
Mas se posso fazer algo?Não, sozinho não posso mas se o povo se unisse podia...
Agora...
Povo unido não é o povo começar a batatada a tudo...
Já chega a violência que temos no dia a dia, pelos delinquentes que foram criados ao longo destes tempos as custas de apoios sociais e sabe-se lá bem mais o quê...

(11-10-2011 23:55)Progster Escreveu:  Estando o povo em peso na rua, com a polícia de choque e os militares, vais-me dizer que mais cedo ou mais tarde, de um lado ou do outro não haveria violência, ou como tu dizes vandalismo? Não me parece…
Não sei, mas continuo a dizer que a violência não leva a lado nenhum...

(11-10-2011 23:55)Progster Escreveu:  Quanto á questão da produção, e o resto, já dei a minha opinião.

Sim deste e como é obvio respeito-a, fiz-te uma pergunta a espera que desses seguimento para te dar exemplos práticos a seguir...
Visitar Website de este utilizador Procurar todas as mensagens deste utilizador
Citar esta mensagem numa resposta
12-10-2011, 01:59 (Esta mensagem foi modificada pela última vez a: 12-10-2011 02:04 por progster.)
Mensagem: #42
RE: Sendo verdade...
Boa noite.

(12-10-2011 01:22)RaCcOn Escreveu:  (...)
As pessoas de uma forma geral, tem de ser auto-motivadas, cada um arranja a sua motivação onde quer e onde consegue arranja-la...por vezes também fico desmotivado...mas e então?tenho de ir buscar forças seja lá onde for para conseguir seguir em frente e conseguir pelo menos mais uma vitória, nunca ninguém disse que isto iria ser fácil...
A uns tempos atrás estive internado por um problema de saude que se poderá considerar grave, uma ou outra pessoa daqui do forum saberá do que estou a falar pois cheguei a trocar até mensagens na altura...essa doença, irá matar-me certamente, mais tarde ou mais cedo lá terei de seguir aquele destino que é a única coisa que temos de certo na vida...
Mas e então?Se baixei as guardas?Sim...fiquei desmotivado é verdade...mas não me deixo ir abaixo seja de que forma for...tenho muitas coisas ainda para fazer e por mais que isso me desmotive há muito mais coisas para me motivar para fazer mais e melhor...
Ninguém é de ferro, mas também ninguém é de cristal(...)

Neste ponto estou de acordo contigo, de uma maneira ou outra lá temos de nos auto-motivar e "arranjar" forças para viver o dia-a-dia.
Que remédio...

Como te deves ter apercebido não me referia a questões de saúde, nos comentários anteriores. Há dois anos, mais coisa menos coisa, também passei por algo, que me deixou bastante delibitado para certos trabalhos, ou seja, para além de continuar desempregado, também tenho a variável da saúde a ter em conta. Aliás recentemente até já tive que recusar um posto, á conta da saúde, e também não é por causa disso que vou desmotivar, apesar de na altura...
Portanto seja qual for a doença, força, não desanimes e para a frente é que é, nem que seja de rastos... Big Grin

(12-10-2011 01:22)RaCcOn Escreveu:  (...)
Quanto a tua questão, achas que estavas a dar o teu melhor e a fazer o que tu de melhor sabes fazer?
Criticaram?Falta de capacidade de raciocinio?Falta de ética?Falta de civismo?
Se tens uma ideia, defende-a até ao fim...o fim é quando a colocares em prática ou então alguém te mostrar por A+B que estás errado.
Tu não estás mal, quem não aceita uma opinião é que está...quem critica sem argumentar é que está(...)

Por mais e melhor que se faça, podemos sempre fazer ainda melhor. Defendi a ideia, e fiz o que pude..., não deu em nada, e ainda levei nas orelhas.

(12-10-2011 01:22)RaCcOn Escreveu:  (...)
Não sei, mas continuo a dizer que a violência não leva a lado nenhum...
(...)

E mais uma vez repito, não digo o contrário, mas que é algo que pode ser aplicado pelos "dois lados" lá isso é.

Penso que já sei onde queres chegar.
Devido á situação actual preferia "jogar" pelo seguro, e acho que iria optar pelos 700€/Mês, pois sem estar por dentro do assunto a que se refere a oferta, parece-me a ser uma opção estável.

De qualquer maneira e correndo o risco de estar a interpretar mal, parece-me que este exemplo envolve só a entidade patronal, não é só isso a que me referia anteriormente.

Cumprimentos.

[Imagem: ztc07a.jpg]
Não resolvo dúvidas por PM.
Procurar todas as mensagens deste utilizador
Citar esta mensagem numa resposta
12-10-2011, 11:37
Mensagem: #43
RE: Sendo verdade...
(12-10-2011 01:59)Progster Escreveu:  Por mais e melhor que se faça, podemos sempre fazer ainda melhor. Defendi a ideia, e fiz o que pude..., não deu em nada, e ainda levei nas orelhas.

Muitas das ideias que na altura pareciam mais estúpidas foram as que vingaram no mundo do negócio e não só...
Tu não estás errado em ter dado as tuas ideias, quem está errado foi quem não as ouviu, sendo elas mais ou menos coerentes...
Qualquer funcionário dentro de uma empresa tem o direito de opinar seja em relação ao que for, a empresa não é só do dono dela, mas de todos os que lá trabalham(Até da Sr. da limpeza).
Se todos opinarem construtivamente para mudar algo que acham que está mal e essa opinião seja tida em conta, provavelmente irão chegar a alguma conclusão e mudar alguma coisa...
Se não o fizerem e ignorarem, provavelmente irão continuar sempre a cair no mesmo erro e nunca irão evoluir...
Uma empresa que não esteja aberta a ouvir opiniões e negócios, é uma empresa que só visa o seu próprio bem e lucro (AKA olhar para o próprio umbigo), e como todos sabemos nunca foi boa prática olhar para apenas para o seu próprio umbigo.


(12-10-2011 01:59)Progster Escreveu:  Penso que já sei onde queres chegar.
Devido á situação actual preferia "jogar" pelo seguro, e acho que iria optar pelos 700€/Mês, pois sem estar por dentro do assunto a que se refere a oferta, parece-me a ser uma opção estável.

De qualquer maneira e correndo o risco de estar a interpretar mal, parece-me que este exemplo envolve só a entidade patronal, não é só isso a que me referia anteriormente.

Ora bom, era mais ou menos isso que estava a espera que me respondesses, tal como mais de 70% das pessoas que entrevisto sempre que é decidido aumentar a equipa...de referir que esses 70% muito dificilmente serão admitidos.

Ora vejamos...
Se estiveres a trabalhar para a empresa a ganhar 700€/Mês, tens um custo para a mesma de cerca de 900/1000€/Mês.
Tens a obrigação de trazer pelo menos 10clientes novos todos os meses...ou seja, 120 novos clientes ao fim de um ano.

Já se estiveres a trabalhar como comissionista, vamos admitir que conseguirias cumprir os teus objectivos e conseguias os 10Clientes mês.
Cada cliente paga em média uma avença de 70€.
A comissão é de 40%, ou seja 28€/Mês por cada cliente...

Mes - Ganhos
1 - 10 x 28€ (280€)
2 - 20 * 28€ (560€)
3 - 30 * 28€ (840€) (Ultrapassas-te um Assalariado)
4 - 40 * 28€ (1120€)
5 - 50 * 28€ (1400€)
6 - 60 * 28€ (1680€)
7 - 70 * 28€ (1960€)
8 - 80 * 28€ (2240€) (+IVA)
9 - 90 * 28€ (2520€) (+IVA)
10 - 100 * 28€ (2800€) (+IVA)
11 - 110 * 28€ (3080€) (+IVA)
12 - 120 * 28€ (3360€) (+IVA)

Fazendo contas muito rápidas dos custos que tens para a empresa como funcionário e como trabalhador independente.

Funcionário:
1000€ * 12 = 12000€/Ano. (Mais cerca de 1200€ para subsidio de férias e subsidio de Natal)

Trabalhador independente:
280€ + 560€ + 840€ + 1120€ + 1400€ + 1680€ + 1960€ + 2240€ + 2520€ + 2800€ + 3080€ + 3360€ = 21840€

Ou seja, 8640€ a mais.
Primeiro ano tens isenção de Segurança Social.
A partir do 3Mês, já estavas a facturar mais do que se fosses funcionário...
A partir do 8Mês passarias a pagar IVA.(mas também o recebes por parte da empresa)
Isto fora outros serviços que possa vender que tem comissão OneTime...
Visitar Website de este utilizador Procurar todas as mensagens deste utilizador
Citar esta mensagem numa resposta
12-10-2011, 11:48 (Esta mensagem foi modificada pela última vez a: 12-10-2011 12:16 por progster.)
Mensagem: #44
RE: Sendo verdade...
Bom dia.

Deste modo nem que só se fica 1 mês na empresa, sempre se ganhava os 700€, como comisionista se não se conseguisse atingir os objectivos, provavelmente nem um cêntimo se via.

(12-10-2011 11:37)RaCcOn Escreveu:  (...)
de referir que esses 70% muito dificilmente serão admitidos (...)

Então se é grande a probabilidade de esses 70% não serem admitidos para que criar essa "oferta"? É que parece que se anda a brincar com as pessoas.

Cumprimentos.

[Imagem: ztc07a.jpg]
Não resolvo dúvidas por PM.
Procurar todas as mensagens deste utilizador
Citar esta mensagem numa resposta
12-10-2011, 12:05 (Esta mensagem foi modificada pela última vez a: 12-10-2011 12:05 por PedroSouza.)
Mensagem: #45
RE: Sendo verdade...
Este país tá perdido Confused
Nada que me espante
Procurar todas as mensagens deste utilizador
Citar esta mensagem numa resposta
12-10-2011, 12:18
Mensagem: #46
RE: Sendo verdade...
Bom dia.

(12-10-2011 12:05)PedroSouza Escreveu:  Este país tá perdido Confused
Nada que me espante

Perdido, perdido, não está pois ainda não batemos no fundo do poço, apesar de para lá se estar a caminhar.

Cumprimentos.

[Imagem: ztc07a.jpg]
Não resolvo dúvidas por PM.
Procurar todas as mensagens deste utilizador
Citar esta mensagem numa resposta
12-10-2011, 14:59
Mensagem: #47
RE: Sendo verdade...
(12-10-2011 11:48)Progster Escreveu:  Bom dia.

Deste modo nem que só se fica 1 mês na empresa, sempre se ganhava os 700€, como comisionista se não se conseguisse atingir os objectivos, provavelmente nem um cêntimo se via.

(12-10-2011 11:37)RaCcOn Escreveu:  (...)
de referir que esses 70% muito dificilmente serão admitidos (...)

Então se é grande a probabilidade de esses 70% não serem admitidos para que criar essa "oferta"? É que parece que se anda a brincar com as pessoas.

Cumprimentos.

Mas entras para um novo trabalho a pensar que já vens embora?
Não seria mais importante pensares em atingir os objectivos ou definir uma estratégia para os atingir?
Vais entrar para uma empresa a pensar em não atingir os objectivos que te são propostos(dar lucro a empresa)?
É deste tipo de pensamentos que me refiro, pensamento derrotista, entrar em algo a pensar que não vai dar certo...já tentas-te?
O que é que tens a perder em tentar? Eu respondo-te...nada!
O que tens a ganhar? Não sabes...provavelmente muito...


Não é brincar com as pessoas, é dar vários cenários para que as pessoas sejam capazes de pensar por elas próprias e chegar a algumas conclusões basicas...
Eu como sou alguém que quero pagar mais e mais, quero que as pessoas tenham a oportunidade de aumentar exponencialmente os seus ganhos, e não estejam limitados a um salário.
Através destes "jogos", consegue-se saber muito acerca da vontade que as pessoas tem em evoluir, para além disso consegue-se perceber qual é a intenção...
Ter um salário ao final do mês ou trabalhar para conseguir obter rendimentos...

De referir, que por norma as pessoas entrevistadas são pessoas que não tem trabalho e que muitas vezes nem sequer subsídios de desemprego recebem uma vez que nunca trabalharam...
Visitar Website de este utilizador Procurar todas as mensagens deste utilizador
Citar esta mensagem numa resposta
12-10-2011, 15:59
Mensagem: #48
RE: Sendo verdade...
(12-10-2011 12:05)PedroSouza Escreveu:  Este país tá perdido Confused
Nada que me espante

Está perdido há muito tempo! Perdido no sentido de rumar sem destino e objectivo.
É um lamaçal que só serve interesses de "meia dúzia" de grupos e famílias e uns quantos servos que se governam na AR.
Depois, mais abaixo na cadeia, existe o Patronato, que também suga o suor de mais horas, pago com os ordenados mais baixos da UE.
E serve também os interesses do Eixo Franco-Alemão, que se está a marimbar para os restantes e gosta é de falar a dois!

O que está a caminho do fim, felizmente, é a UE!
Procurar todas as mensagens deste utilizador
Citar esta mensagem numa resposta
12-10-2011, 16:07 (Esta mensagem foi modificada pela última vez a: 12-10-2011 16:12 por progster.)
Mensagem: #49
RE: Sendo verdade...
Boa tarde.

(12-10-2011 14:59)RaCcOn Escreveu:  (...)
Mas entras para um novo trabalho a pensar que já vens embora?
Não seria mais importante pensares em atingir os objectivos ou definir uma estratégia para os atingir?
Vais entrar para uma empresa a pensar em não atingir os objectivos que te são propostos(dar lucro a empresa)?
É deste tipo de pensamentos que me refiro, pensamento derrotista, entrar em algo a pensar que não vai dar certo...já tentas-te?
O que é que tens a perder em tentar? Eu respondo-te...nada!
O que tens a ganhar? Não sabes...provavelmente muito...
(...)

Como tu sabes tão bem, ou ainda melhor do que eu, ninguém "entra" numa empresa com esses pensamentos. Exactamente não se perde nada em tentar, mas tanto se pode ganhar muito, como não se ganhar nada. Como é que sei? Já passei por isso...
E não estou a generalizar, há casos e casos, há empresas e empresas... Wink

(12-10-2011 14:59)RaCcOn Escreveu:  (...)
Eu como sou alguém que quero pagar mais e mais, quero que as pessoas tenham a oportunidade de aumentar exponencialmente os seus ganhos, e não estejam limitados a um salário.
Através destes "jogos", consegue-se saber muito acerca da vontade que as pessoas tem em evoluir, para além disso consegue-se perceber qual é a intenção...
Ter um salário ao final do mês ou trabalhar para conseguir obter rendimentos...
(...)

Queres pagar mais e mais?. Tongue Nos dias de hoje isso é raro...

É exactamente isso que parece, e acabas-te de o confirmar com as tuas próprias palavras. É a esses "jogos" de que falas que me referi quando disse "...brincar com as pessoas...", quer dizer se uma pessoa preferir jogar pelo seguro e optar pelo salário, já não é contratada, é sinonimo de que não tem boas intenções para com a empresa, é sinonimo de que não quer trabalho, mas sim um emprego, logo vamos pô-la de parte, é sinonimo de que não é de confiança. Não é bem assim...
A produção pode ser a galinha dos ovos de ouro, mas sem os trabalhadores não vale a ponta de um… “palito”. Não basta só exigir, exigir e mais exigir e não haver um retorno. Porque que é que os outros países, alguns dos quais já por aqui foram referidos têm melhores condições do que o nosso??? (E não me refiro só á entidade patronal.)

Não me interpretes mal.
Alinhei com a questão dos exemplos tendo uma ideia de qual seria o teu ponto de vista, e com a esperança de que desses outra visão, que não a de “empregado da própria empresa”, mas as vezes parece que te esqueces de que existem várias variáveis a ter em conta. Ok, estás só a “defender” a tua opinião e respeito-a, não tenho nada contra, mas…

Cumprimentos.

(12-10-2011 15:59)BladeRunner Escreveu:  (...) Perdido no sentido de rumar sem destino e objectivo(...)

Quer se queira ou não admitir é uma realidade dos nossos dias.

[Imagem: ztc07a.jpg]
Não resolvo dúvidas por PM.
Procurar todas as mensagens deste utilizador
Citar esta mensagem numa resposta
12-10-2011, 18:06
Mensagem: #50
RE: Sendo verdade...
O que passa, subliminarmente, para a sociedade, como mensagem e desejo do Patronato é o seguinte:
Fim dos salários fixos!
Incremento da remuneração pela base da comissão.
Aumento da carga horária!
Cortes salariais!
Cortes nos direitos adquiridos!
Incremento da Precariedade através do trabalho temporário!
Facilidade no despedimento, entre outras coisas, na falta da sua justificação, favorecendo a livre indiscrição!
Redução de dias de férias!
Etc... etc!

E siga, que os patrõezinhos são boas pessoas que só pensam no bem estar dos seus empregados! Quem diria?
Procurar todas as mensagens deste utilizador
Citar esta mensagem numa resposta
Colocar Resposta 


Saltar Fórum:


Utilizadores a ver este tópico: 4 Visitante(s)